Arthur Nory está de volta!

novembro 30, 2018
admin

O ginasta Arthur Nory está de volta! Após ficar sete meses parado, devido uma cirurgia no ombro direito, feita em novembro do ano passado, Nory retornou às competições, ao disputar o Campeonato Brasileiro de Ginástica por equipes. O torneio foi realizado entre os dias 29, 30 de junho e primeiro de julho, na cidade de São Bernardo do Campo, no ABC paulista.

Arthur participou de apenas três aparelhos: solo, cavalo e salto. Os dois primeiros foram disputados na sexta-feira (29) e o salto feito no sábado (30), justamente os dois dias de classificatórias para a final, no domingo (01). O ginasta fez declarações sobre sua atuação no solo e cavalo e destacou a importância de pegar o ritmo de campeonato.

“Minhas séries não estão nas condições que posso fazer, mas para voltar a competir, pegar ritmo de competição e poder ajudar o meu clube para se classificar para a final”, disse o ginasta que participou das Olimpíadas do Rio, em 2016.

Pelo sábado foram as provas do salto, muito produtivas, segundo o ginasta. As finais de domingo não aconteceram por problemas na iluminação do estádio. Mas, mesmo sem competir no domingo, o saldo foi muito positivo para Nory. “Estou muito feliz de ter voltado. Em agosto terei uma outra competição e espero já estar competindo em seis aparelhos”, completou.

A cirurgia no ombro foi em novembro, mas os problemas no ombro não são recentes. No final de 2016, Nory passou por uma cirurgia no tendão, para começar o ciclo olímpico 100%. Ficou cinco meses parado e, após ter retornado, novamente se machucou. A lesão foi em outubro, durante uma competição na Croácia. Para piorar era o mesmo ombro e tendão, mas em partes diferentes.

“Minha recuperação está sendo bem conservadora, dessa vez. A segunda vez no mesmo ombro, no mesmo tendão. Mas em outra parte bem mais delicada. Então precisa ser mais lenta, mais detalhada. Senti um pouquinho de dor, já parei na hora, e procuramos um motivo. Tem dois anos até Tóquio, e agora serão dois anos direto, sem parar. É do esporte, do atleta. Sentir dor, se lesionar faz parte. Não é minha primeira, espero que seja minha última. Mas estou me sentindo bem melhor”, disse o ginasta aogloboesporte.com

Mesmo com os problemas, Nory participou do estágio para seleção brasileira, que foi realizado no Centro de Treinamento Time Brasil, localizado no Parque Olímpico. Entretanto, Arthur fez apenas movimentos simples, ou seja, não realizou acrobacias com apoio das mãos.